Ciência e Conservação em 2016

Investigação científica sempre foi uma parte essencial dos programas de conservação de A ROCHA, pois são as descobertas dos mesmos que confirmam os objetivos de proteção. Por esta razão estamos felizes de ter publicado um estudo de caso sobre a Ria de Alvor na revista Ocean and Coastal Management. Pode ler mais em https://www.arocha.pt/news/2016/09/new-scientific-paper-on-the-alvor-estuary/.

Este ano, de resto como nos anteriores, continuámos a monitorização de aves e traças na Ria de Alvor. Algumas das raridades anilhadas na Cruzinha incluíram a Felosa-bilistada Phylloscopus inornatus e a primeira captura para A ROCHA de Felosa-pálida Iduna opaca, na imagem. Destaques ainda na Ria de Alvor para o avistamento de uma Gaivota-de-bico-fino Larus genei e Borrelho-grande-de-coleira Charadrius hiaticula que tinham sido anilhados na Islândia e País de Gales respetivamente.

Nos últimos dois anos, pesquisámos sobre diversidade de mamíferos na Ria de Alvor. Existem mais espécies do que poderíamos imaginar! Fizemos as pesquisas com recurso a câmaras de visão noturna o que produziu algumas fotos muito boas. Pode ver as fotos aqui .

Continuámos envolvidos no projeto Europeu sobre a integração dos campos da arqueologia e da natureza: projeto ANHER. Estamos a preparar uma formação, em formato de e-learning e que será completamente gratuita. Esta formação terá também a chancela de duas universidades parceiras no projeto: uma Polaca e outra Holandesa. Está pensada para pessoas que trabalhem, mesmo que de forma voluntária, nas áreas do património cultural ou ambiental. Esta formação terá o seu início a 6 de Março de 2017 e poderão obter mais informações aqui.

2017-02-09T09:56:05+01:00