[fusion_builder_container hundred_percent=”no” equal_height_columns=”no” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” background_position=”center center” background_repeat=”no-repeat” fade=”no” background_parallax=”none” enable_mobile=”no” parallax_speed=”0.3″ video_aspect_ratio=”16:9″ video_loop=”yes” video_mute=”yes” overlay_opacity=”0.5″ border_style=”solid” padding_top=”20px” padding_bottom=”20px”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”2_3″ layout=”2_3″ spacing=”” center_content=”no” hover_type=”none” link=”” min_height=”” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” class=”” id=”” background_color=”” background_image=”” background_position=”left top” background_repeat=”no-repeat” border_size=”0″ border_color=”” border_style=”solid” border_position=”all” padding=”” dimension_margin=”” animation_type=”” animation_direction=”left” animation_speed=”0.3″ animation_offset=”” last=”no”][fusion_text]

Investigação científica sempre foi uma parte essencial dos programas de conservação de A ROCHA, pois são as descobertas dos mesmos que confirmam os objetivos de proteção. Por esta razão estamos felizes de ter publicado um estudo de caso sobre a Ria de Alvor na revista Ocean and Coastal Management. Pode ler mais em http://www.arocha.pt/news/2016/09/new-scientific-paper-on-the-alvor-estuary/.

Este ano, de resto como nos anteriores, continuámos a monitorização de aves e traças na Ria de Alvor. Algumas das raridades anilhadas na Cruzinha incluíram a Felosa-bilistada Phylloscopus inornatus e a primeira captura para A ROCHA de Felosa-pálida Iduna opaca, na imagem. Destaques ainda na Ria de Alvor para o avistamento de uma Gaivota-de-bico-fino Larus genei e Borrelho-grande-de-coleira Charadrius hiaticula que tinham sido anilhados na Islândia e País de Gales respetivamente.

Nos últimos dois anos, pesquisámos sobre diversidade de mamíferos na Ria de Alvor. Existem mais espécies do que poderíamos imaginar! Fizemos as pesquisas com recurso a câmaras de visão noturna o que produziu algumas fotos muito boas. Pode ver as fotos aqui .

Continuámos envolvidos no projeto Europeu sobre a integração dos campos da arqueologia e da natureza: projeto ANHER. Estamos a preparar uma formação, em formato de e-learning e que será completamente gratuita. Esta formação terá também a chancela de duas universidades parceiras no projeto: uma Polaca e outra Holandesa. Está pensada para pessoas que trabalhem, mesmo que de forma voluntária, nas áreas do património cultural ou ambiental. Esta formação terá o seu início a 6 de Março de 2017 e poderão obter mais informações aqui.

[/fusion_text][/fusion_builder_column][fusion_builder_column type=”1_3″ layout=”1_3″ spacing=”” center_content=”no” hover_type=”none” link=”” min_height=”” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” class=”” id=”” background_color=”” background_image=”” background_position=”left top” background_repeat=”no-repeat” border_size=”0″ border_color=”” border_style=”solid” border_position=”all” padding=”” dimension_margin=”” animation_type=”” animation_direction=”left” animation_speed=”0.3″ animation_offset=”” last=”no”][fusion_separator style_type=”none” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” top_margin=”50″ bottom_margin=”50″ alignment=”center” /][fusion_imageframe image_id=”2618″ style_type=”none” hover_type=”none” align=”none” lightbox=”no” linktarget=”_self” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” animation_direction=”left” animation_speed=”0.3″]http://arocha.pt/wp-content/uploads/2017/02/Iduna-opaca.jpg[/fusion_imageframe][/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]