Projetos Locais 2016-10-21T08:45:39+00:00

Os projetos locais A ROCHA são iniciativas de membros nossos para fazerem uma diferença na forma como o ambiente é tratado no seu contexto local. As iniciativas podem ser de lazer, de cariz educativo, de sensibilização para os problemas locais ou de intervenção direta para melhorar as condições ambientais de alguma área mais sensível ou de toda uma freguesia. O projeto é desenvolvido de acordo com a disponibilidade das pessoas em participarem nele, mas garantindo o enquadramento no trabalho que fazemos e o apoio que se entender necessário.

Pensar como A ROCHA pode contribuir numa comunidade para um melhor ambiente, pode começar por uma reavaliação simples do que estou eu a fazer para essa diferença.

O desenvolvimento de projetos locais como o grupo local de Alcobaça é um exemplo que pode ser seguido por qualquer amigo que esteja disponível. Mais do que ter muito tempo, é importante ter o coração naquilo que também é a nossa missão e visão.

Guia para uma ação local

1.  Começar em casa

Parece óbvio, mas quando temos falta de tempo, podemos fazer ajustes dentro de casa que dão um bom contributo para reduzirmos o nosso impacto ambiental e passarmos a apreciar mais a natureza que temos à nossa volta. Podemos separar o lixo, reduzir o consumo de água, eletricidade e gás, podemos passar menos tempo em frente a um ecrã e mais tempo a passear ao ar livre, a apreciar as plantas e animais que partilham o planeta connosco, quem sabe até aprender mais sobre eles. Podemos dar algumas dicas se quiserem.

2.  Melhorar localmente

É fácil encontrar muitas oportunidades para nos envolvermos, à nossa família, vizinhos e amigos no cuidado ambiental. Viu uma fuga de água na rua? Um terreno público está cheio de lixo? Uma árvore grande e antiga está em perigo? Uma zona verde está constantemente suja por cães?
Existem formas de poder dar o seu contributo nestas e noutras situações e tornar mais agradável a zona onde mora ou trabalha.

3.  Juntar com outros

Na sociedade em que vivemos, cada um cuida de si e é pouco comum envolvermos outros na nossa vida. Mas “abrir a porta” um pouco pode ajudar-nos a encontrar novos amigos com quem podemos partilhar interesses comuns, como a proteção do ambiente. Podemos dar um passeio num parque junto com vizinhos, organizar a limpeza de uma mata com amigos e acabar a fazer um piquenique, ou partilhar com outros as formas de alertar as autoridades para atentados ambientais. Não são só formas de aproveitar a natureza e contribuir para a sua conservação, são oportunidades de as fazermos juntos e começarmos a desenvolver a comunidade a que pertencemos.

4.  Virar para a comunidade

Uma boa parte do trabalho já está a ser feito quando fazemos muitas das atividades informalmente com a nossa família ou amigos. Mas conseguimos conceber que à nossa volta, todos os dias, nos cruzamos com outras pessoas que têm interesses semelhante,s mas não conseguem ainda integrar isso no seu modo de vida? Com um pouco de ousadia podemos abrir a outros as atividades que fazemos, podemos convidá-los a juntarem-se a nós em passeios agradáveis pela natureza, ou numa tarefa que ajude a tornar a vizinhança mais limpa e agradável de usufruir. Porque não divulgar uma iniciativa com amigos e pedir a eles que a divulguem também? Se correr mal, acaba por ser uma atividade em família ou entre amigos, mas se correr bem está a incluir outros e, quem sabe, começar um grupo local com A ROCHA!

5.  Receber apoio

A ROCHA, por todo o mundo, tem tido muitas iniciativas que começaram num bairro, entre amigos e vizinhos, e nós queremos muito ajudar pessoas a terem impacto local, a fazerem uma diferença onde vivem e trabalham. Se acha que precisa de alguma orientação sobre como pode contribuir e ajudar os outros a interessarem-se, nós podemos apoiar. Entre em contacto connosco!